fbpx

Câmara instala CPI do BNDES e ilícitos da era PT serão investigados

A câmara dos deputados instalou nesta quarta-feira (27) a CPI do BNDES. A Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar a prática de atos ilícitos e irregulares, no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ocorridos entre os anos de 2003 e 2015, relacionados à internacionalização de empresas brasileiras – CPIBNDES

Titulares da Mesa

Presidente: Vanderlei Macris (PSDB/SP)
1º Vice-Presidente: Paula Belmonte (PPS/DF)
2º Vice-Presidente: Sanderson (PSL/RS)
3º Vice-Presidente: Kim Kataguiri (DEM/SP)
Relator: Altineu Côrtes (PR/RJ)

Entre os deputados membros titulares estão Ubiratan Sanderson (Policial Federal) que foi eleito 2° Vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e Kim Kataguiri (político, ativista e cofundador e coordenador do MBL) que foi eleito 3° Vice-presidente, ambos representam fortes lideranças da nova política.

Durante as gestões petistas, mais de R$ 1,2 trilhão foram “emprestados” para empresas amigas como JBS e BRF que já delataram Lula, Dilma e seus asseclas. Além disso, diversos conluios com ditaduras socialistas e empreiteiras enroladas na Lava Jato também foram beneficiadas com dinheiro do banco.

Em seu primeiro mandato o deputado federal Ubiratan Sanderson, gaúcho de Erechim, é integrante licenciado da Polícia Federal no Rio Grande do Sul e será os olhos e ouvidos da Lava Jato dentro do congresso. Os patriotas agradecem.

Da esquerda para a direita: Paula Belmonte (PPS/DF), Vanderlei Macris (PSDB/SP), Sanderson (PSL/RS), Kim Kataguiri (DEM/SP) e ….. não identificado.

Com informações do O Antagonista e do MBLNews.