fbpx

Esquerda comunista tenta obter ganhos políticos com a pandemia

A crise global causada pelo coronavírus vem sendo aproveitada pela esquerda brasileira para atualizar estratégia contra Bolsonaro.

Depois de apostar em panelaços contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, a esquerda brasileira segue aproveitando a pandemia do novo coronavírus para obter ganhos políticos.

Partidos de oposição e movimentos sociais e sindicais traçaram uma estratégia para se aproximar da população através de ações de solidariedade.

Movimentos e sindicatos fazem uma videoconferência, nesta terça-feira (24), para ajustar detalhes da campanha.

Sob o pretexto da ideia é coletar e distribuir alimentos e material de higiene para as pessoas que podem ficar sem fonte de renda com a proliferação do coronavírus, segundo o portal Terra.

Uma das iniciativas é usar os sindicatos como ponto de distribuição de produtos. A direção da Central Única dos Trabalhadores (CUT) realizou uma reunião online, nesta segunda-feira (23), para discutir o assunto.

No dia anterior, Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e pré-candidato pelo PSOL à prefeitura de São Paulo, lançou nas redes sociais a campanha “Enfrentando o corona na periferia”.

1
Olá Salatino. Estou entrando em contato através do WhatsApp disponível em seu site luizsalatino.com.br. Desejo receber em primeira mão todas as notícias e informações relacionadas no seu site. Segue abaixo meu nome e minha cidade.
Powered by