fbpx

Lacombe está fora da Band

“Decidiu seguir novos caminhos”, diz a emissora sobre o desligamento de Lacombe.

O jornalista Luis Ernesto Lacombe decidiu deixar a emissora Bandeirantes, nesta quinta-feira (25). Ele apresentava o programa “Aqui na Band” na programação manhã.

De acordo com um comunicado da emissora, em função da reformulação da revista eletrônica, Lacombe preferiu “seguir novos caminhos”.

Confira o comunicado oficial:

“A Band informa que o programa ‘Aqui na Band’ está passando por reformulações. Diante desse novo momento, o jornalista e apresentador Luís Ernesto Lacombe decidiu seguir novos caminhos.
A Band agradece ao jornalista pelo trabalho sempre correto e bem-sucedido que ele desempenhou à frente do ‘Aqui na Band’ desde a sua estreia. As portas da emissora permanecem sempre abertas para ele.”

A baixa audiência, o alto custo de produção e o desempenho comercial modesto foram um dos entraves apontados pela imprensa para a continuidade da atração no formato atual.

Apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro, apontam a edição da última quarta-feira (24) como a responsável pelo fim do programa.

A pauta do programa foi o conservadorismo. O jornalista Allan dos Santos, fundador do Terça Livre, e Flávio Morgenstern, escritor e fundador do Senso Incomum, estavam entre os convidados. O próprio Lacombe confirmou que é um conservador.

O regime comunista da China também foi alvo de críticas, o que pode ter incomodado alguns membros do alto escalão da emissora, que tem laços comerciais com Pequim.

Leia abaixo e entenda a estreita ligação da BAND com a CHINA.