fbpx

Luciano Bivar e Delegado Waldir contra deputados alinhados a Bolsonaro

O deputado federal Sanderson foi retirado da Comissão de Constituição e Justiça na manhã desta quinta-feira (17).

“Questões menores não podem intervir no bom andamento do processo legislativo e nos interesses da população brasileira”, protestou o parlamentar Sanderson ao site O Antagonista.

Ao site GaúchaZH, Sanderson afirmou não ter sido comunicado pela liderança do PSL sobre sua saída da CCJ. Ele acredita ter sofrido retaliação por ter apoiado o presidente da República, Jair Bolsonaro. O pano de fundo é a crise interna que rachou a legenda entre a ala bolsonarista, que defende a troca no comando da sigla e pede mais transparência, e a ala ligada ao hoje presidente Luciano Bivar, que foi alvo de Operação da Polícia Federal na terça-feira (15).

Em postagem no Twitter, na manhã desta quinta-feira (17), o deputado federal Sanderson (PSL-RS) também se manifestou.

A deputada Bia Kicis foi destituída da presidência do diretório do Partido Social Liberal (PSL) do Distrito Federal

Na mesma rede social, nesta manhã, o deputado federal Filipe Barros, do PSL-PR, alegou estar sendo alvo de retaliação por parte do “líder” do PSL na Câmara, Delegado Waldir.

Crusoé informa que o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, assinou a destituição de Flávio e Eduardo Bolsonaro dos comandos do partido no Rio de Janeiro e em São Paulo, respectivamente. Os filhos do presidente Jair Bolsonaro, contudo, ainda não foram notificados oficialmente da decisão.

De acordo com aliados de Bivar, no lugar de Flávio assumirá o deputado federal Sargento Gurgel, atual coordenador geral da bancada fluminense na Câmara. Já o substituto de Eduardo deve ser o deputado federal Júnior Bozzella, que vem atuando como porta-voz da ala bivarista na Casa.

Enquanto isso o deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) aguarda sua expulsão. Ele afirmou ao site O Antagonista: “Que tenham a hombridade de me expulsar”.

Logo após estas declarações na manhã desta quinta (17), o PSL decidiu suspender Bibo Nunes, Carla Zambelli e Alê Silva das atividades partidárias do partido. O PSL declara que os três deputados trabalharam para destituir Delegado Waldir da liderança na Câmara. Afirma o site O Antagonista.

DEM articula fusão com ala do PSL a favor de Luciano Bivar

A cúpula do DEM articula com o grupo político ligado ao presidente do Partido Social Liberal (PSL), Luciano Bivar, uma possível fusão entre as duas siglas. 

Na noite de terça-feira (15), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse a líderes do Centrão que, se o presidente da República, Jair Bolsonaro, sair mesmo do PSL, as negociações com a sigla comandada por Bivar podem avançar.

A “inconfidência” de Maia foi feita durante churrasco oferecido por ele ao deputado Alexandre Frota (PSDB-SP), que celebrava 56 anos de idade, informa o site Metrópoles.

Na festa, ocorrida na residência oficial da Câmara, estavam integrantes do PSL aliados de Bivar, além de políticos de outros partidos.

Leia também:

1
Olá Salatino. Estou entrando em contato através do WhatsApp disponível em seu site luizsalatino.com.br. Desejo receber em primeira mão todas as notícias e informações relacionadas no seu site. Segue abaixo meu nome e minha cidade.
Powered by