fbpx

TSE permite meio digital para criação de partido político

Por quatro votos a três, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, nesta terça-feira (3), autorizar o uso de assinaturas eletrônicas para a criação de um partido político.

A maioria dos ministros entendeu, no entanto, que a modalidade só será aceita depois que o TSE regulamentar a questão.

Com a decisão do tribunal, o eleitor precisará ter certificação digital para apoiar eletronicamente a formação de uma legenda, informa o portal G1.

A certificação digital é um conjunto de procedimentos tecnológicos para a autenticação de dados no mundo digital.

A coleta de cerca de 500 mil assinaturas é um dos requisitos para um partido político obter registro na Justiça Eleitoral.

A decisão do tribunal abre caminho para uma criação mais rápida da Aliança pelo Brasil, sigla criada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

1
Olá Salatino. Estou entrando em contato através do WhatsApp disponível em seu site luizsalatino.com.br. Desejo receber em primeira mão todas as notícias e informações relacionadas no seu site. Segue abaixo meu nome e minha cidade.
Powered by