fbpx

UE acusa Rússia de usar coronavírus para espalhar pânico

Kremlin disse que as acusações são prováveis resultados de uma “obsessão anti-Rússia”.

Veículos de imprensa da Rússia estão sendo acusados de espalhar desinformação sobre a pandemia do novo coronavírus com o objetivo de causar pânico e medo no Ocidente.

A informação está contida em um relatório recente do Serviço de Ação Externa da União Europeia ao qual agências de notícias internacionais tiveram acesso.

O documento aponta que, desde 22 de janeiro, quase 80 casos de desinformação sobre a pandemia de Covid-19 foram detectados. Todos ligados à imprensa pró-Rússia, destaca o jornal Gazeta do Povo.

O objetivo principal da desinformação do Kremlin seria agravar a crise da saúde pública nos países ocidentais, minando especificamente a confiança do público nos sistemas nacionais de saúde — impedindo assim uma resposta eficaz à pandemia.

Por outro lado, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que a falta de exemplos específicos de ações de desinformação no relatório da UE provam que as alegações contra a Rússia são infundadas.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O MAPA MUNDIAL EM TEMPO REAL DO CORONAVÍRUS

painel da johns hopkins
1
Olá Salatino. Estou entrando em contato através do WhatsApp disponível em seu site luizsalatino.com.br. Desejo receber em primeira mão todas as notícias e informações relacionadas no seu site. Segue abaixo meu nome e minha cidade.
Powered by