fbpx

Vídeo 04 – Assembleia do RS recusa plebiscito de privatização

Na última terça-feira (05 de junho 2018) os Deputados Estaduais do Rio Grande do Sul rejeitaram o projeto do governo do Estado que possibilitava a discussão e plebiscito para possível privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e da Sulgás. Por 29 votos a 23, os deputados contrariaram a Constituição Estadual e impediram que os Gaúchos decidissem democraticamente sobre o assunto. O povo Gaúcho teve seu direito de opinar usurpado pelos senhores deputados.

O projeto alterava a lei que dispõe sobre a realização de consultas referendárias e plebiscitárias no âmbito das competências da Assembleia Legislativa. O texto reduzia de cinco para três meses o prazo entre o chamamento e a realização de um plebiscito para consultar os eleitores sobre a federalização ou a privatização das estatais. Com isso, a consulta não vai mais acontecer em 2018, junto com as eleições em outubro.

 

Errata do Vídeo acima: Onde falo CRN, entenda CRM. Onde falo ANATEL, entenda ANEEL.

Nas galerias e do lado de fora da Assembleia, funcionários das três companhias fizeram pressão contra o projeto, desde o início da tarde. Após a votação, eles comemoraram soltando foguetes na Praça da Matriz.

“Viva o povo gaúcho que mais uma vez vai pagar a conta e os salários destas empresas que só dão prejuízos para o Riograndenses. A RENOVAÇÃO NA ASSEMBLEIA DO RS É FUNDAMENTAL PARA A SOBREVIVÊNCIA DO NOSSO ESTADO, NÃO REELEJA NINGUÉM!”.

Veja a lista dos deputados e seus votos.

 

 

 

1
Olá Salatino. Estou entrando em contato através do WhatsApp disponível em seu site luizsalatino.com.br. Desejo receber em primeira mão todas as notícias e informações relacionadas no seu site. Segue abaixo meu nome e minha cidade.
Powered by